A mulher encurvada

Estamos em uma batalha espiritual e o inimigo é um adversário que vem com o propósito de obter vitória. Paulo, quando fala de guerra espiritual, recomenda que vistamos a armadura de Deus: capacete da salvação, ou seja, salvação em Jesus, couraça da justiça, cinto da verdade, espada do espírito, escudo da fé; porque estamos em uma batalha, em uma guerra, e precisamos usar as armas espirituais para obtermos vitória sobre o inimigo, senão o inimigo é quem terá vitória sobre nós!

Quando Deus fala que somos mais do que vencedores, Ele diz que somos vencedores em Cristo. Mas para seguir a Cristo é preciso negar a si mesmo, tomar a cruz e o seguir!

E o exercício da fé é feito através de problemas. Se não tivermos problemas, jamais exercitaremos nossa fé. Por isso que Deus permite que todos os cristãos passem por adversidades.

A fé vem de Deus através de um coração desejoso. Nunca um coração que não deseja Deus, terá fé. A fé entra na nossa vida pela palavra de Deus. Quanto mais ouvirmos e lermos a palavra de Deus, mais fé teremos em nossa vida!

Está escrito em Romanos 10:17 que: “Consequentemente, a fé vem por se ouvir a mensagem, e a mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo”.

Um dos propósitos da Igreja Nova Batista é que aprendamos a palavra e aprendamos a viver a palavra. Assim nossa fé crescerá e ficaremos mais firmes com o Senhor! No momento das adversidades não estaremos desesperados e querendo tomar decisões precipitadas, impensadas e que só nos levará a ruína. O filho de Deus não age assim. O filho de Deus enfrentará lutas, e com Cristo vencerá. Se somos de Jesus, o Diabo sabe que não terá como roubar a nossa salvação. Ele tentará nos desanimar na fé, nos encher de problemas, fazer com que pecamos, com que não consigamos dar frutos, com que passamos a murmurar, uma vida enferma espiritualmente, ele fará com que andemos curvados, derrotados, que é o caso da mulher encurvada que está em Lucas 13:10; uma mulher que há dezoito anos sofria de um problema de saúde.

Essa mulher tinha um espírito maligno e que lhe causava uma doença física.

Em Lucas capítulo 13, versículos 10 a 17 encontra-se a história da mulher encurvada: “Certo sábado Jesus estava ensinando numa das sinagogas, e ali estava uma mulher que tinha um espírito que a mantinha doente havia dezoito anos. Ela andava encurvada e de forma alguma podia endireitar-se. Ao vê-la, Jesus chamou-a à frente e lhe disse: “Mulher, você está livre da sua doença”. Então lhe impôs as mãos; e imediatamente ela se endireitou, e passou a louvar a Deus. Indignado porque Jesus havia curado no sábado, o dirigente da sinagoga disse ao povo: “Há seis dias em que se deve trabalhar. Venham para ser curados nesses dias, e não no sábado”. O Senhor lhe respondeu: “Hipócritas! Cada um de vocês não desamarra no sábado o seu boi ou jumento do estábulo e o leva dali para dar-lhe água? Então, esta mulher, uma filha de Abraão a quem Satanás mantinha presa por dezoito longos anos, não deveria no dia de sábado ser libertada daquilo que a prendia? Tendo dito isso, todos os seus oponentes ficaram envergonhados, mas o povo se alegrava com todas as maravilhas que ele estava fazendo”.

Uma mulher doente, dezoito anos, filha de Abraão (Jesus referiu-se a ela assim por ser serva de Deus, que veio da geração abençoada de Abraão), que sofria com um espírito que a atormentava e que lhe causara uma sequela física.

Na história, ainda há um homem, chefe da sinagoga, o qual foi advertido por Jesus pela sua postura; e o povo, que presenciou tudo o que Jesus fez naquele dia, naquele local.

No texto há várias lições. A mulher estava no lugar certo e, portanto, teve uma boa oportunidade. Muitos estiveram no lugar certo e receberam presente de Deus. Ela estava na sinagoga, perseverando com uma doença há dezoito anos. Ela poderia ter desistido do pedido de oração, de cura, chateada com Deus, amargurada, mas não... ela estava na sinagoga, perseverante!

E quando Jesus a viu, chamou-a à frente!

Vivemos uma pandemia nos dias de hoje mas não devemos desistir de orar, não podemos nos entregar, temos que buscar priorizar a Deus e buscar o Reino de Deus a todo tempo! O nosso compromisso com Deus se manifesta através de nossas escolhas e ações! O que Deus faz e fará em nossa vida exige atitude, como a atitude que a mulher encurvada teve.

Jesus curou a mulher de sua doença de causa espiritual. Um espírito maligno atacou seu espírito, que atacou suas emoções e que refletiu em seu físico.

Há vários outros casos na Bíblia em que o pecado causou doenças espirituais, emocionais e físicas.

O Rei Davi, em Salmos 38, versículos 3 e 6, escreveu que: “Por causa da tua ira, todo o meu corpo está doente” e “Estou encurvado e muitíssimo abatido, o dia todo saio vagueando e pranteando”. Davi admitiu que o pecado o adoecera.

Em Mateus 12:22, Então levaram-lhe um endemoninhado que era cego e mudo, e Jesus o curou, de modo que ele pôde falar e ver”.

O pecado nos adoece; por isso precisamos nos manter distantes dele. Além disso, precisamos confessar nossos pecados, para sermos perdoados!

O arrependimento atinge a alma, o espírito, provocando um profundo desejo de que aquele ato, que feriu a santidade de Deus, não volte a ser praticado. Arrepender-se é se colocar a um nível de submissão a qualquer consequência que Deus impuser.

É preciso ter em mente que: Não há como resistir sem obedecer! Se quisermos autoridade sobre o inimigo, temos que nos submeter a Deus!

Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais”. Efésios 6:12

A mulher encurvada estava em um cativeiro e foi libertada. Era um cativeiro espiritual que somatizou uma doença em seu físico; isso pode acontecer com qualquer pessoa.

Ela foi curada, abençoada! No final ela louvou ao Senhor, pela sua benção e pela sua vitória!

Precisamos cuidar do nosso espiritual e do nosso emocional! Deus faz coisas inusitadas nas vidas das pessoas!

Jesus promete libertação! “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos” (Lucas 4:18).

“E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará” (João 8:32).

Já o chefe da sinagoga estava em um cativeiro religioso, que endureceu seu coração e o fez agir covardemente. Ele disse claramente para o povo que não deveriam procurar a cura no sábado mas sim nos demais dias da semana. Não estava preocupado com aquela mulher doente; apenas o dia em que Jesus a curou o preocupara.

Deus é bom, Deus é amor. E qualquer sistema de crença contrário em fazer o bem para as pessoas não é de Deus. A religião pura e verdadeira é se abster do pecado e ajudar às pessoas.

Jesus ensinou àquele homem e duramente chamou os religiosos de hipócritas, e o povo glorificou a Deus. Jesus entrou em defesa daquela mulher e daquele povo e deu um grande ensino: que Jesus vem para libertar os cativos!

Temos que ter em mente que a primeira coisa que Jesus quer fazer é libertar as pessoas da escravidão do pecado, da idolatria, da imoralidade, da mentira; quer colocar o selo de propriedade de Deus!

Jesus já pagou na cruz esse pecado por nós e seu sangue cobre nossa vida espiritualmente falando, e limpa toda a sujeira de imoralidade do nosso espírito e o espírito de Deus toma conta de nós!

Jesus quer nos libertar para uma vida eterna e plena. Caso contrário, viveremos encurvados, em uma vida sem frutos e sem crescimento!

Libertação não quer dizer que todas as coisas serão perfeitas, sem problemas, sem tentações, sem desafios, mas sim que a mão de Deus transformará nossas vidas!


Pr. Jefferson Borges

Data: 31/05/2020

SOBRE NÓS

A Nova Igreja Batista (NIB) do Paraná em Cascavel é uma igreja  para toda a família, que acredita na alegria de ser cristão e no prazer de compartilhar essa alegria com outras pessoas, para que recebam a Palavra de Deus, amor e salvação em Cristo. 

Dízimos e Ofertas

Banco do Brasil

Ag. 4693-0  |  Conta 12508-3

Sicoob

Ag. 4370-2  |  Conta 26490-3

Santander
Ag: 0949 | CC: 13001667-8

Cnpj: 08.683.688/0001-63

(45) 3035-4190 / 99935-2261 (VIVO)

Rua Carlos de Carvalho, 3289  

Centro (Esquina com Rua Santa Catarina) - CEP 85801-130

Cascavel – Paraná – Brasil

nibpr@hotmail.com

  • Grey Facebook Icon
  • Cinza ícone do YouTube

© 2018 por Nova Igreja Batista do Paraná.