Provisão na calamidade!

Atualizado: Ago 19

Em 1 Reis 17, a palavra de Deus relata naquela época uma grande tragédia que estava acontecendo no mundo, uma seca terrível. E foram 3 anos e meio de uma seca devastadora. E naquela época o Rei era o Rei Acabe que era um Rei que foi reprovado por Deus por causa da desobediência dele. A bíblia diz que Acabe fez o que o Senhor reprova e todo o povo foi levado pela desobediência de Acabe. Ele se casou também com uma mulher chamada Jesabel, que era uma estrangeira, princesa dos Sidônios e ela prestava culto a Baal e adora Baal e influenciou todo o povo, inclusive o próprio Acabe a essa desobediência. E a bíblia diz que isso provocou a ira do Senhor. Ainda por cima, Jesabel mandava matar todos os profetas de Deus. Ela perseguia os profetas do Senhor e Elias estava nesse contexto, porque ele confrontava o pecado do Rei e da rainha Jesabel e ele estava então perseguido. E ainda por cima uma grande seca assolava toda essa região. E o povo sofria muito. Mas Deus estava cuidando do profeta Elias e Deus então Ele fala para o profeta Elias que estava fugindo dessa perseguição e para o riacho de Querite. E o riacho de Querite aqui representa o lugar da provisão de Deus. E ali naquele riacho tinha água e também Deus se preocupou com a comida de Elias e mandou corvos ali levar comida para Elias, carne e pão. E a gente fica imaginando como isso poderia estar acontecendo: o corvo trazendo uma carne, um bife, ou a carne de algum animal no bico e o outro corvo trazendo pão. O corvo é considerado uma das aves mais inteligentes que tem, inclusive na fala, como o papagaio, tem corvo que imita a voz humana. E eu fiquei imaginando como isso poderia estar acontecendo, algo sobrenatural, Deus fazendo com que animais, aves levassem comida para o profeta Elias e a conclusão que a gente chega é que Deus usa o sobrenatural para prover os seus filhos. Isso aqui não é uma prerrogativa do profeta Elias que estava sendo alimentado de forma sobrenatural, Deus já fez isso no passado, lá com todo o povo, com o maná que caía do céu, Deus mandou cair codorna do céu pro povo não morrer de fome. O que eu tenho a certeza é que Deus é o nosso provedor, Deus cuida do seu povo. Só que num determinado momento esse riacho secou. O riacho de Querite secou. E quando o riacho seca é hora de mudar. O lugar da provisão muitas vezes revela o centro da vontade de Deus. E ali então Deus manda Elias ir para outro lugar. E mandou Elias ir pra Sarepta e lá procurar uma viúva, que essa viúva iria alimentá-lo.


O que aprendemos com essa história?

1- Calamidade afeta todas as pessoas.

A gente já tem falado isso. É pra todo mundo. Elias era um homem de Deus e estava sofrendo calamidade também. Sofrendo os efeitos da seca, da perseguição. Estava sofrendo ali na pele, mesmo sendo homem de Deus, justo. A bíblia diz que Deus derrama a chuva sobre justos e injustos (Mateus 5:46). É pra todo mundo, a tempestade vem pra todo mundo. E ali a gente vê o desespero de uma mulher viúva, que já esperava a morte, que já tinha perdido a esperança, ela ia fazer uma última comida e depois ia morrer. E a gente vê Deus com o cuidado não só com o profeta mas com a viúva. A bíblia fala em várias situações sobre o cuidado com as viúvas na igreja. E Deus preza algumas pessoas, o cuidado, Deus cuida de todos, mas algumas pessoas Deus pede pra gente ter um cuidado especial, as viúvas, principalmente aquelas que não tem família nenhuma, nenhum parente, ninguém. Os órfãos, Deus fala pra cuidar dos órfãos também. E a palavra de Deus diz: a religião que Deus aceita (Tiago 1:27) como pura e imaculada, uma religião que ele aceita é aquela que cuida das viúvas, dos órfãos e não se corrompe pelo mundo, não se deixa corromper pelo mundo. Então a gente vê Deus com o cuidado com algumas pessoas, Deus tem um cuidado, um zelo especial com crianças também. Jesus num dado momento também pega uma criança, coloca no colo e fala: quem receber essa criança, estará recebendo a mim também. Ele está querendo dizer: quem acolhe uma criança é como se estivesse me acolhendo também. Deus fala dos pobres. Olha são tantas situações e nessa hora num mundo, num momento de escassez que a gente está vivendo, a gente precisa olhar para estas pessoas. No Salmo 41 Deus fala: Como é feliz aquele que se compadece pelo pobre e o Senhor o livra em momentos de adversidade. Promessa de Deus. A calamidade afeta a todos: profeta, viúva, o pobre, o rico, adulto, criança, viúva, casado, é pra todo mundo. Não escapa ninguém.

2- Na hora da calamidade Deus vai testar a nossa obediência e fidelidade a ele. E Ele vai usar o que a gente tem.

Primeiro Elias pede água e pão para uma mulher viúva pobre. Ela fala que não tem. Fala que só tem um pouco de farinha e azeite. Aí ele fala assim: então você pega essa farinha e o azeite e faz um bolo pra mim. Isso soa estranho pra nós. O que que a gente ia pensar de uma pessoa dessa? Talvez eu não pensasse muito bem. Esse cara na verdade deve ser um falso profeta. Está querendo explorar uma viúva. Esse cara está querendo se dá bem em cima de uma pessoa que já é pobre não tem nada pra comer. Ele em vez de chegar ali e oferecer algo, ele quer tirar dela aquele pouco que ela tem. Que ela só tinha aquele pouquinho de comida, ia fazer aquela comida e ia morrer na cabeça dela, ela ia morrer de fome. Aí chega um homem dizendo que é um profeta de Deus e fala eu quero essa comida que você tem, só esse pouquinho aí. Isso é muito estranho. Sabe porque é estranho? Porque a gente precisa entender bem que não era o homem que estava pedindo aquilo, na verdade era Deus que estava pedindo. Deus vai pedir algumas coisas que a gente não entende muito bem. Deus vai pedir para você para fazer algumas coisas que você não está com vontade de fazer. Mas Ele já está vendo lá na frente, onde Ele está querendo chegar. Na verdade Ele queria fazer um teste com aquela mulher. Ele queria ensinar algo pro mundo, num momento de escassez, de falta de provisão, como reagir. E essa mulher, com o pouco que ela tem, ela e o filho dela, ela consegue obedecer, ela consegue repartir o pouco que ela tem. Eu já vi gente dizendo assim: ah eu não sou generoso, eu não ajudo ninguém porque eu tenho pouco. Essa palavra é pra você que muitas vezes pensa assim. Deus fala que mesmo com pouco a gente pode repartir. Igual aqueles irmãos lá de 2 Coríntios 8:8 da igreja da Macedônia. 2 Coríntios capítulo 8: a igreja da Macedônia dá um exemplo. O apóstolo Paulo pega aquela igreja e dá um exemplo de generosidade, de humildade. E ele fala ali no início do capítulo 8 de 2 Coríntios, aqueles irmãos, eles através da extrema pobreza deles, eles insistiram em ajudar os irmãos da igreja da Judéia. A igreja da Macedônia é uma igreja citada como exemplo de irmãos com o coração generoso, mesmo sendo pobres, eles insistiram no desejo de contribuir. Possivelmente, falaram para eles, não, vocês já são muito pobres, na verdade é vocês que têm que receber, vocês é que tem que..., vocês são pobrezinhos. E eles falaram, sim nós somos pobres, mas nós queremos ajudar com o pouco que nós temos. Essa mulher de Sarepta, Jesus cita ela como exemplo, em Lucas 5, e os fariseus ficaram muito chateados por causa disso. Jesus cita a viúva de Sarepta como exemplo porque, ele diz assim, na época de Elias naquela época tinha muitas viúvas e então Deus manda Elias procurar uma viúva estrangeira de Cidon, ao invés de procurar as mulheres israelitas. Jesus estava querendo dizer que os estrangeiros estavam com o coração mais quebrantado do que os fariseus, os israelitas, endurecidos pelo coração religioso deles. Eles ficaram chateados com isso. Jesus estava falando que essa mulher ela tinha um coração, ela tinha algo...por isso que Deus mandou Elias procurar a ela e não procurar uma mulher israelita. Esse texto mostra pra gente que Deus vai usar o que nós temos, mesmo você tendo pouco. Não despreze o pouco que você tem. É um pouquinho de farinha, é um pouquinho de azeite, é um pouco recurso, mas o Senhor vai usar isso. Ele vai multiplicar o pouco. Foi assim que Ele fez na multiplicação dos pães e dos peixes. Tinha 5 pães e 2 peixes, e um jovem lá, um adolescente trouxe aqueles pães e os peixes e Jesus multiplicou tudo aquilo para uma grande multidão.


3- Deus vai te socorrer no momento mais difícil.

Isso a gente aprende nesse texto também. Primeiro Ele leva Elias para o lugar da provisão: riacho de Querite. Tinha água, carne e pão. Era o lugar da provisão. O riacho seca. Deus fala pra ele mudar de lugar e leva ele até a viúva de Sarepta. Deus vai te socorrer meu irmão no momento mais difícil da sua vida. E lá, naquele momento, Deus multiplicou a farinha e o azeite. Pode ser que esteja difícil pra você agora. Tem muita gente sem fonte de renda. Mas nós cremos, nós cremos que isso vai, de alguma forma, Deus vai usar isso de alguma forma em favor daquele que são fiéis, que amam a Deus, Deus vai de alguma forma suprir essa pessoa, de alguma forma. Seja usando uma outra pessoa, como Deus usou a viúva de Sarepta em favor de Elias. Seja uma multiplicação de Deus, de forma sobrenatural do que você tem. Uma coisa eu tenho certeza, Deus é o nosso provedor.


4- Ela viu um milagre mas estava duvidando ainda.

Ela viu um milagre da farinha e do azeite, mas não foi suficiente. Tem gente que precisa de mais milagre pra poder crer. Ela não deu crédito, ela ficou feliz na multiplicação, possivelmente, mas ela não deu crédito ainda a Elias como se fosse um homem de Deus e aquela palavra vinda de Deus. E agora então ela passa por uma outra experiência. Deus leva ela a um outro nível de fé. Por isso não espere acontecer algo pior para que você precise crer e se render a Deus. O filho dela fica doente e morre. E foi ali, naquele momento difícil, naquele momento de dor, que ela chegou a conclusão: só tem uma saída pra mim, é crer, se render totalmente. E Deus usa o profeta Elias ali e ora por aquele menino e ele volta a vida. Ele volta a vida. E o meu conselho pra você é você não precisar de algo trágico na sua vida pra você ativar a sua fé. Porque tem gente que muitas vezes está assim, precisa de algo trágico na vida pra se render totalmente a Deus e querer mudar de vida. Eu já vi muito acontecer isso. Não espere acontecer algo pior pra você poder crer, pra você poder se entregar a Deus e buscar uma vida de obediência.


Pr. Jefferson Borges

Data: 05/04/2020

SOBRE NÓS

A Nova Igreja Batista (NIB) do Paraná em Cascavel é uma igreja  para toda a família, que acredita na alegria de ser cristão e no prazer de compartilhar essa alegria com outras pessoas, para que recebam a Palavra de Deus, amor e salvação em Cristo. 

Dízimos e Ofertas

Banco do Brasil

Ag. 4693-0  |  Conta 12508-3

Sicoob

Ag. 4370-2  |  Conta 26490-3

Santander
Ag: 0949 | CC: 13001667-8

Cnpj: 08.683.688/0001-63

(45) 3035-4190 / 99935-2261 (VIVO)

Rua Carlos de Carvalho, 3289  

Centro (Esquina com Rua Santa Catarina) - CEP 85801-130

Cascavel – Paraná – Brasil

nibpr@hotmail.com

  • Grey Facebook Icon
  • Cinza ícone do YouTube

© 2018 por Nova Igreja Batista do Paraná.