Estratégias do inimigo para impedir a nossa corrida

O inimigo quer impedir a nossa corrida.

Em Hebreus 12:1, o Apóstolo Paulo compara a vida cristã com uma corrida: “Portanto, também nós uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunha, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé”.

O grande alvo do inimigo é levar pessoas para o Lago de Fogo, que é para onde ele vai; ver a criação de Deus terminar como ele terminará. Ele sabe que seus dias estão contados e que a palavra de Deus se cumprirá.

Mas Deus nos dá caminhos, e livre arbítrio para escolhermos.

A Bíblia diz que Deus quer salvar a todos e que não há predestinados a salvação pois Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu único filho para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha vida eterna. E Satanás sabe que não tem como roubar a nossa salvação!

Deus sempre dá oportunidades pois ama a todos e quer salvar a todos; isso é de conhecimento do inimigo, que tentará fazer com que a corrida cristã seja cansativa a ponto de levar o cristão a pensar em parar e a desistir!

A vida cristã é parecida com uma corrida! É cansativo correr, muitos tem vontade de parar. Na vida cristã surgirão problemas financeiros, problemas nos relacionamentos, na saúde e em diversas outras áreas; muitos desistirão de ler e estudar a palavra, orar, meditar, desenvolver um ministério na igreja, para só se preocuparem com tais problemas… deixando Deus para depois da “solução” desses problemas. E o inimigo quer isso! Ele quer que desistamos da vida cristã! Ele quer gerar tristeza, depressão, para que nos afastemos de Deus.

Portanto, temos que sempre lembrar da palavra:

Efésios 6:12: “pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais”.

João 10:10: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância”. Observem que nesse texto o inimigo é comparado a um ladrão que vem roubar a paz, a benção, a alegria, a fé das pessoas, o prêmio que está no final da corrida!

Estratégias do inimigo:

1. Desviar os olhos do que é eterno.

O inimigo quer que nos desviemos do foco do que é eterno, que pensemos apenas nesse mundo, no material, na solução de problemas. Ele quer que esqueçamos de que Deus é nosso Pai e promete que jamais nos deixará. Ele quer que pensemos apenas no dia de hoje, no material, e que nos desconectemos de Deus.

Temos que fixar os olhos no que é eterno! Buscar primeiro o que vem do alto e não o que vem do mundo. Do contrário, seremos cristãos apenas carnais, que não investem no eterno e em coisas espirituais.

“Assim, fixamos os olhos não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno” 2Coríntios 4:18.

Está em 1Coríntios 15:19 que: “se é somente para esta vida que temos esperança em Cristo, dentre todos os homens somos os mais dignos de compaixão”.

A verdade é que a partir do momento em que aceitamos a Cristo, não somos mais deste mundo! Apenas permaneceremos neste mundo por um tempo e depois iremos para nossa pátria celestial.

Por isso se o nosso foco for apenas em coisas terrenas, estaremos tirando-o do que é eterno. Nossas orações serão apenas para coisas deste mundo, como resolver problemas e ter dinheiro e, por consequência, não cresceremos espiritualmente! Essa é uma estratégica do inimigo para que sejamos cristãos que não dão frutos!

Jesus também foi tentado no deserto. Satanás tentou desviá-lo a ponto de oferecer todos os reinos e riquezas. Mas Jesus citou Deuteronômio 6:13: “O Senhor teu Deus temerás e a ele servirás, e pelo seu nome jurarás” e determinou que Satanás se retirasse e assim esse o fez.

Devemos seguir o exemplo de Jesus.

Tiago 4:7 “Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês”.


2. Trazer tristeza, mágoa, ferida, depressão e morte.

O versículo de 1 Pedro 5:8 nos fala para ficarmos alertas e vigiarmos: “Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar”.

O inimigo quer devorar os filhos de Deus. Mas o inimigo, para tocar no filho de Deus, precisa de autorização de Deus. E ações erradas permitem que portas se abram para entrada de espíritos malignos que trarão dores, problemas, desgraças.

Deus permite que o inimigo toque para que haja um quebrantamento na vida da pessoa; para que ela se arrependa e volte para o caminho certo. Não que Ele queira que tais acontecimentos ocorram, mas por vezes isso é necessário para que a pessoa tome uma decisão em sua vida e se quebrante.

Em Romanos 12:2 Paulo nos ensina: “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.

Quando a mente da pessoa não está focada em Cristo, ela se conforma ao padrão do mundo e não ao padrão de Deus; não consegue entender qual a vontade de Deus e sofre consequências!


3. Cegar espiritualmente.

“O deus desta era cegou o entendimento aos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus”. 2 Coríntios 4:4.

Satanás cega a mente da pessoa para que ela não se converta e também para que aquele que já é convertido tome decisões erradas e não faça a vontade do Pai.

Deus cura a cegueira espiritual com a sua palavra. Estando viva a palavra de Deus em seu coração, o Espírito Santo estará agindo!


4. Enganar através da mentira.

“Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira”. João 8:44.

Satanás é mentiroso e vai querer que mintamos também; vai querer que pequemos e não confessemos nossos pecados; que nosso coração permaneça endurecido a ponto de chegar a um nível de desonra a Deus e ao próximo tão grande, que atrairá espíritos malignos e nos levará a uma vida sem benção.

A mágoa, rancor, ódio leva-nos a exclusão da graça de Deus.

Hebreus 12:15: “Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando vos perturbe, e por ela muitos se contaminem”.

A mentira faz com que não enxerguemos Deus, com que pensemos que Deus não existe ou não é bom. Essa estratégia é maligna pois nenhum ser humano quer em sua vida o que não é bom, e por isso o cristão deve estar atento, vigilante!

A verdade é a luz e onde a luz entra, as trevas devem sair!

E como vencer a corrida:

1. Efésios 6:11: “Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do diabo”. Sem a ação de Deus não venceremos. Temos que ter as armas certas para não sofrermos a ausência de Deus e deixar o inimigo agir.

O pecado pode causar um buraco na proteção de Deus em nossas vidas. Sermos honestos, íntegros, orarmos, meditarmos e estudarmos a palavra de Deus, são atitudes que fazem com que cheguemos ao fim da corrida e conquistemos o prêmio!

2. Livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve. Além da armadura, temos que pedir perdão a Deus por pecados cometidos, consertarmos a vida com Deus, pararmos de cometer atos de desonestidade e não deixarmos que atitudes assim tomem conta da nossa vida.

Devemos olhar para Jesus e tê-lo como nossa referência, como nosso Senhor e Salvador! Sem Jesus não chegaremos ao final da nossa corrida!

Se você ainda não aceitou a Cristo e assim o deseja, faça essa oração: Senhor Jesus eu te recebo como meu senhor e salvador; reconheço que sou um pecador e preciso do teu perdão; eu quero a tua salvação, eu quero a tua benção sobre a minha vida; escreve o meu nome no livro da vida e a partir de hoje eu sou teu filho; eu quero ser teu filho porque Jesus nos garante isso, Senhor; eu quero estar nessa corrida contigo e chegar ao prêmio da vitória, porque o Senhor promete que nós somos mais do que vencedores.


Pr. Jefferson Borges

Data: 07/06/2020



SOBRE NÓS

A Nova Igreja Batista (NIB) do Paraná em Cascavel é uma igreja  para toda a família, que acredita na alegria de ser cristão e no prazer de compartilhar essa alegria com outras pessoas, para que recebam a Palavra de Deus, amor e salvação em Cristo. 

Dízimos e Ofertas

Banco do Brasil

Ag. 4693-0  |  Conta 12508-3

Sicoob

Ag. 4370-2  |  Conta 26490-3

Santander
Ag: 0949 | CC: 13001667-8

Cnpj: 08.683.688/0001-63

(45) 3035-4190 / 99935-2261 (VIVO)

Rua Carlos de Carvalho, 3289  

Centro (Esquina com Rua Santa Catarina) - CEP 85801-130

Cascavel – Paraná – Brasil

nibpr@hotmail.com

  • Grey Facebook Icon
  • Cinza ícone do YouTube

© 2018 por Nova Igreja Batista do Paraná.