O sentido da vida

A vida só vale a pena quando encontramos um sentido nela. Há muitos questionamentos e dúvidas quando não sabemos o seu propósito: “Para que serve esta vida?”, “Nós nascemos, vivemos, morremos e o que fazemos para que ela realmente tenha significado?”

Quando não se encontra este sentido, o nível de angústia é tão grande que, muitas vezes, o ser humano se deprime, chegando até ao suicídio. Só encontramos sentido para a vida quando Deus faz parte dela e a causa disto é porque somos seres espirituais, somos diferentes de toda a criação de Deus, Ele colocou em nós um espírito, um anseio pela eternidade (Eclesiastes 3:11) que nos faz buscar o espiritual e se não nos encontrarmos com Deus, que é quem vai suprir a alma e preencher o vazio espiritual, começamos a buscar outras coisas, outros deuses, algo material, como trabalho, esportes, provisão financeira, no entanto, nada disto supre o anseio da alma humana, nada disto nos conecta com o Pai, então, o vazio é inevitável.

Homens buscaram na riqueza ou no conhecimento preencherem suas vidas, até questionarem: “Qual a importância disto tudo?” Salomão conclui, com toda a sua sabedoria, que o que realmente importa, é ter uma aliança, um compromisso com Deus, vivendo uma vida de obediência (Eclesiastes 12:13).


Em Marcos 12:30, 31, Jesus nos diz para amarmos a Deus de todo o nosso coração, de toda a nossa alma, de todo o nosso entendimento e de todas as nossas forças, além de amarmos ao próximo como a nós mesmos, isto implica numa rendição total a Ele e uma obediência absoluta pois demonstramos amor quando obedecemos (João 14:23) e, em contrapartida, o Senhor vem morar em nós através do Espírito Santo. Deus Pai está nos céus, juntamente com o Deus Filho, Jesus, e está presente na terra através do Espírito Santo que foi enviado quando Jesus voltou para junto do Pai.


Efésios 1:13 afirma que se crermos em Jesus, numa entrega total, somos selados pelo Espírito Santo e a pessoa do Espírito Santo chega a sentir ciúmes e se entristece quando aquele que O recebeu começa a ‘flertar’ com o pecado. Nossa rebeldia nos separou de Deus, mas Jesus veio para nos reconectar, para restaurar a aliança que foi quebrada por causa do pecado.


O nosso maior desafio é o de, a cada dia, buscarmos ser mais parecidos com Jesus no seu caráter, Romanos 8:29 afirma que somos predestinados para sermos conforme à imagem de Jesus e, em situações adversas, deveríamos pensar: “O que Jesus faria aqui e agora?”: Este é um exercício de consciência da presença de Deus em nós, por exemplo, na luta dos homens, que são extremamente visuais, eles devem pensar que o que eles estão vendo (ou assistindo) o Espírito Santo também está.

Tudo o que fazemos deve ser para a glória de Deus porque tudo é Dele, por Ele e para Ele (Romanos 11:36). E o que fazemos glorifica ao Senhor? Tudo o que fizermos deve ser para a glória Dele (I Coríntios 10:31).

O amor ao próximo traz sentido à vida. A Ciência comprova que pessoas depressivas, angustiadas e até mesmo com tendência suicida que são aconselhadas a ajudarem ao próximo, a demonstrarem amor fazendo trabalhos voluntários, sentem-se bem, tornando-se felizes e em paz.

O Senhor diz: “Quer que a sua vida tenha sentido? Ame a mim e ao próximo que é a coroa da minha criação!” Fomos criados em Cristo para as boas obras (Efésios 2:10), portanto, a nossa realização é só em Cristo.


O amor não está dentro do coração humano que tem uma natureza egoísta, amar se aprende e é um mandamento que deve ser obedecido. O amor é um comportamento aprendido que começa com uma decisão de obediência ao Senhor. Na disciplina da obediência, o Senhor abençoa com o sentimento no coração. Somente com o Espírito Santo em nós isto é possível e não através de uma religião ou de uma igreja que não produzem transformação de vidas.

Em João 3:3, Jesus diz a Nicodemos: “Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus”. Nós precisamos nascer de novo! Queremos que nossa vida tenha sentido? Temos que ser intencionais para com Deus, assim como foi Zaqueu que sobe em uma árvore para ver Jesus e depois, com alegria, O recebe para jantar em sua casa. Toda a vez que formos intencionais para com Deus, seremos criticados. Zaqueu resolve restituir em quatro vezes aqueles a quem havia roubado e ainda doa metade dos seus bens aos pobres (Lucas 19:1 – 10). Zaqueu teve uma nova consciência, houve salvação, mudança de coração e transformação de vida.


O maior milagre é a vida eterna, é encontrarmos em Deus sentido para a vida e sabermos que estaremos com o Pai na eternidade: Este foi o motivo de Jesus ter ido para a cruz!


Pr. Jefferson Borges

27/09/2020

SOBRE NÓS

A Nova Igreja Batista (NIB) do Paraná em Cascavel é uma igreja  para toda a família, que acredita na alegria de ser cristão e no prazer de compartilhar essa alegria com outras pessoas, para que recebam a Palavra de Deus, amor e salvação em Cristo. 

Dízimos e Ofertas

Banco do Brasil

Ag. 4693-0  |  Conta 12508-3

Sicoob

Ag. 4370-2  |  Conta 26490-3

Santander
Ag: 0949 | CC: 13001667-8

Cnpj: 08.683.688/0001-63

(45) 3035-4190 / 99935-2261 (VIVO)

Rua Carlos de Carvalho, 3289  

Centro (Esquina com Rua Santa Catarina) - CEP 85801-130

Cascavel – Paraná – Brasil

nibpr@hotmail.com

  • Grey Facebook Icon
  • Cinza ícone do YouTube

© 2018 por Nova Igreja Batista do Paraná.