Reforme a sua vida para prosperar

A prosperidade não está relacionada, unicamente, à área financeira, mas, com a vida abundante e plena, com a realização pessoal, com as emoções e os relacionamentos, a uma vida com sentido e com propósitos que englobam o projeto de Deus de planos de um bom futuro para nós. Somos parte ativa deste processo, precisamos agir para que as coisas aconteçam. A Palavra nos diz que, a cada dia, estamos sendo transformados à imagem de Cristo, é como uma reforma que, muitas vezes, causa transtornos, pois mexe com as estruturas causando mudanças extremas, mas necessárias. Assim, também, é a reforma de Deus para consertar o que está arruinado, produzindo algo novo. Toda a reforma produz entulho que deve ser retirado, desta forma, na nossa vida, precisamos retirar os entulhos que não podem permanecer.

Na vida cristã, queremos a benção, mas não queremos pagar o preço necessário para desfrutar desta benção: nada é de graça, a não ser a salvação, que não depende de nós, mas de Deus. Para termos uma vida próspera nesta terra, nós teremos que agir. Deus é um Deus de milagres, Ele faz o sobrenatural, o que não é para fazermos, é Ele quem vai fazer.

Nós seguimos os princípios que Deus ensina e Ele age em todas as áreas de nossa vida. Deus opera milagres na área financeira, restaura casamentos, liberta das drogas, mas nós somos agentes dos milagres, nós temos uma parte nesta ação, nesta reforma que Deus quer fazer em nós.

Por que as pessoas, com tantos anos de igreja, continuam com o coração endurecido, com as mesmas raízes de orgulho, não se envolvem com nada, não têm nenhuma experiência com Deus, a não ser “religiosa”? Porque não se renderam ao Salvador e não tiveram uma experiência pessoal com Cristo. A igreja instituição não tem poder para transformar as pessoas, só a pessoa, por uma ação sobrenatural de Deus, é capaz de mudar a sua essência quando ela deseja isto, quando decide mudar e pagar um preço. Ou você tem um encontro verdadeiro com Cristo ou continua sendo um religioso, sem nunca mudar. O Salvador só faz moradas em nós se permitirmos.

Lucas 19 nos conta a história de Zaqueu que foi um homem transformado. O que precisou acontecer para que o impossível se manifestasse na vida deste homem?


1) Arrependimento: mudança de mentalidade. A bondade de Deus conduz ao arrependimento, mas somos nós que decidimos se queremos ou não nos arrependermos. Atos 3:19 diz: “Arrependam-se, pois, e voltem para Deus para que os seus pecados sejam cancelados”. Arrependimento, do grego, metanoia; meta – além, noia – mente: além da mente. Mateus 3:8 declara que devemos mostrar frutos de arrependimento, ou seja, mudar de atitude. Se não houve mudanças de comportamento, não houve arrependimento. Zaqueu desejou a mudança, iniciando um processo de arrependimento. Todos temos uma reforma a ser feita na vida.


2) Para ser reformado, humilhe-se diante de Deus e das pessoas: Deus se opõe aos orgulhosos. Deus usa a perda e a dor para quebrar o orgulho. Quanto menos orgulhosos e mais humildes, mais prósperos. Deus quebra o “cristão orgulhoso” porque Ele ama aquele que é Seu filho. Quando estivermos verdadeiramente na presença de Deus, entenderemos a Sua ação de tratamento para quebrar o orgulho. Jesus só vai agir quando sairmos da “multidão” que é o mundo (Lucas 18:14; Provérbios 22:4; Mateus 16:25). O Evangelho é simples, mas precisa de rendição. O caminho, a verdade e a vida só são encontrados em Jesus e não em placas de igrejas ou em algum pastor ou padre. As pessoas só são verdadeiramente transformadas quando se rendem a Jesus e os milagres se iniciam nos casamentos, nas finanças e na vida pessoal. Deus vai nos ensinar a viver na dependência Dele, vivendo pela fé (II Crônicas 7:14). Tiago 4:8 nos exorta a limparmos as mãos e purificarmos o coração.


3) Submeter-se ao Senhor: A vida cristã é um estilo de vida. Deus não habita em templos feitos por mãos humanas, mas Ele habita em nós, através do Espírito Santo. Em todos os lugares temos que ter um culto racional a Deus. Nossa submissão a Ele é um estilo de vida. Deuteronômio 28:1, Salmo 128:1 e João 15:14 tratam de obediência e submissão.


4) Confissão e reparação (Provérbios 28:13). A confissão produz prosperidade (Tiago 5:16). Deus trabalha com restituição e Jesus só vai reparar a nossa vida se houver uma submissão total e esta submissão é demonstrada na mente e no comportamento.

Cristo precisa ser não somente o nosso Salvador, mas também, Senhor.


Pastor: Jefferson Borges

Data: 06/10/2019

SOBRE NÓS

A Nova Igreja Batista (NIB) do Paraná em Cascavel é uma igreja  para toda a família, que acredita na alegria de ser cristão e no prazer de compartilhar essa alegria com outras pessoas, para que recebam a Palavra de Deus, amor e salvação em Cristo. 

Dízimos e Ofertas

Banco do Brasil

Ag. 4693-0  |  Conta 12508-3

Sicoob

Ag. 4370-2  |  Conta 26490-3

Santander
Ag: 0949 | CC: 13001667-8

Cnpj: 08.683.688/0001-63

(45) 3035-4190 / 99935-2261 (VIVO)

Rua Carlos de Carvalho, 3289  

Centro (Esquina com Rua Santa Catarina) - CEP 85801-130

Cascavel – Paraná – Brasil

nibpr@hotmail.com

  • Grey Facebook Icon
  • Cinza ícone do YouTube

© 2018 por Nova Igreja Batista do Paraná.